Veja o que você pode usufruir nesta maravilhosa cidade!

Veio a passeio? Então se prepare para bater perna!

CENTRINHO DE COMPRAS

A primeira dica é conhecer o centrinho de Monte Verde: as lojas em estilo europeu são puro charme.

As galerias também devem entrar no seu roteiro: lá você encontra roupas de frio, artesanato e geleias artesanais – as da Tia Nata e Edelweiss são ótimas –, entre outras opções. Destaque para o Shopping Celeiro, a Galeria Suíça, a Vila  Europa e o Inverness Mall.

DICAS GASTRONÔMICAS

São quatro as delícias típicas que você tem de experimentar. A primeira é o fondue. Oferecido na maioria dos restaurantes, pode ser degustado na versão doce e salgada

A segunda iguaria é o crocante apfelstrudel, sobremesa tradicional austríaca, conhecida como folhado de maçã. A terceira é a truta! Sim, esse peixe com escamas é o prato principal de vários endereços. Vale experimentar!

O chocolate é o quarto item dessa seleta e saborosa lista! As chocolaterias de Monte Verde – surpreendem trazendo sempre novidades. Algumas abrem as portas de suas fábricas para que visitantes acompanhem o processo de produção.

Vale lembrar que muitos restaurantes também servem a tradicionalíssima comida mineira e opções da cozinha italiana, alemã, francesa e fast food.
Aproveite esse passeio gastronômico para saber como são feitas as cervejas artesanais Fritz. O tour tem duração de 35 minutos e deve ser reservado previamente no restaurante anexo à cervejaria.

PASSEIOS DIFERENCIADOS

Seguem duas sugestões interessantes:

  1. O Orquidário MV, onde você acompanha de perto as estufas de cultivo e também pode adquirir algumas plantas expostas – entre elas cactos, suculentas, plantas carnívoras e orquídeas.
  2. A pista de pouso para aviões de pequeno porte, a de maior altitude do país, a 1.560 metros acima do nível do mar, proporciona uma vista linda da cidade. Aproveite para tirar fotos interagindo com os grafites no muro do “aeroporto”: um par de asas coloridas e um esquilo fofinho.

TRILHAS PARA TODOS OS GOSTOS

Para muita gente, Monte Verde é sinônimo de aventura ao ar livre! As trilhas de nível fácil, intermediário e difícil ficam todas em meio a Serra da Mantiqueira.

Para acessar o início de cada uma, é necessário ir de carro pela Avenida das Montanhas: são cerca de 3,5 km de estrada de terra – a única exceção é a Trilha do Pinheiro Velho, que fica no centrinho de Monte Verde. Ao final da estrada, há um estacionamento – e um centro de informações. Em geral, não há necessidade do acompanhamento de um guia, pois as trilhas são bem sinalizadas.

PEDRA REDONDA

Eis é a trilha mais famosa de Monte Verde. E o melhor: seu acesso pelo Hotel La Roccella é bem fácil, não precisa nem de carro – apenas 800 metros. Do alto, a vista panorâmica convida você a sentar, descansar e curtir um tempinho todo aquele visual. Quer ver o sol de pôr da Pedra Redonda? Você não vai se arrepender: é ma-ra-vi-lho-so! Depois, use uma lanterna para a volta.

PEDRA PARTIDA

No meio da trilha da Pedra Redonda, fica o desvio para a Pedra Partida, cuja trilha é mais difícil e cansativa. Mas vale a pena: do alto dá para ter uma visão 360 graus do horizonte.

CHAPÉU DE BISPO E PLATÔ

No estacionamento, você verá o portal que marca o início das trilhas da Pedra Redonda e Pedra Partida. Um pouco antes, há uma entradinha para as trilhas Chapéu do Bispo e Platô. Ambas são de fácil acesso.

Assim que chegar à Pedra do Chapéu do Bispo, há uma barra de ferro para ajudar você a subir no topo. Para isso é necessário habilidade e força suficiente para escalar a enorme pedra.

Um pouco mais à frente do Chapéu do Bispo, você chega ao Platô, grande rocha plana de onde se vê toda a região.

PICO DO SELADO

Dizem que essa é a melhor e mais bonita trilha de Monte Verde. Considerada de nível difícil – pode durar de 4 a 5 horas – não exige muita técnica, mas as subidas são puxadas.

Recomenda-se o acompanhamento de um guia porque o caminho não é totalmente sinalizado: há riscos de o visitante se perder em algumas bifurcações. Chegando ao Pico, você estará no ponto mais alto da região e no nono mais alto do Estado de São Paulo.

TRILHA DO PINHEIRO VELHO

Essa é a trilha cujo início fica no centrinho de Monte Verde: são 5 pontos de partida. Ao final da caminhada, está o Pinheiro Velho, uma araucária de cerca de 500 anos e aproximadamente 1,70m de diâmetro.

MAIS OPÇÕES?

A Fazenda Radical é uma excelente pedida! São atividades para todas as idades em um só local: tem passeios de quadriciclo, arvorismo, a maior tirolesa de Monte Verde e a Escola de Falcoaria, entre outras.

Você pode também visitar a galeria de arte Unger’s Pottery House, espaço de 3 mil metros quadrados a céu aberto. Os totens formados por esferas e discos sobrepostos, marcas do trabalho da artista plástica Pala Unger, ficam espalhados pelos jardins.

Ah! Ainda tem uma pista de patinação e a Cachoeira dos Pretos, na cidade vizinha de Joanópolis.

Como pode se ver, o tédio passa longe de Monte Verde!

Veja na recepção do hotel as empresas com as quais mantemos parceria e desfrute de descontos especiais.

Galeria Monte Verde

CONDIÇÕES ESPECIAIS PARA FECHAMENTO DIRETO COM O HOTEL

Reserve diretamente conosco e terá condições especiais.